Olá! Somos o Grupo de Arte Ictus.
Pretendemos compartilhar nossos encontros, objetivos e exposições. Trocar idéias, mostrar nosso trabalho e contar a história do grupo.

A PARTIR DE NOVEMBRO DE 2008, ESTE BLOG IRÁ APRESENTAR OS ARTISTAS DO GRUPO DE ARTE ICTUS, EM ORDEM ALFABÉTICA: Carmellita, Clélia Saldanha, Dilma Weigert Cavagnari, HoranDina F.Ferro (nossa presidente), Ilse Fenner, Jadzia, Jandira Abib Zattar, Marco Antonio Müller, Marilza de Deus, Marlova Raimundo, Miriam Antonietto, Ninon Baduy e Vera Cunha e Renilson, que recentemente entrou no Grupo Ictus.

segunda-feira, 6 de abril de 2009

MARLOVA RAIMUNDO - Pintura e Poesia


Os trabalhos de Marlova são poesia, nas cores, no desenho e no texto:

Por esta porta aberta, torno-me azul e translúcida, canto essa luz e sou novamente livre. Aguarda-me o vale inundado de sons, brilhos desusados , vale dos reis em nenhum lugar.
Nesse universo não há impossível e angústias são cordilheiras; a paz é remanso e luar, paixões são vias-lácteas se desdobrando em sucessão infindável de estrelas.
Teço tramas infinitas nos musgos cálidos de carinho e ternuras: são teus dedos, são meus sonhos, tua voz a me envolver em tépidas notas dessa canção silenciosa e perfumada.
São malmequeres e girassóis iluminando a tarde, desenhos irreais alcançando as mãos do destino, sonhando alto velhos ciprestes de memórias apagadas.
Meus olhos são agora transparentes e refletem o cinza claro de teu passado, o som dourado de teu futuro, a alva veste de tua sabedoria e o tom macio de tua reflexão.
Revelo-te, em contrapartida, o furta-cor de minhas asas buscando o sol, o tom inquieto de meu olhar, o silêncio pungente de uma dor antepassada, o explodir súbito de todas as minhas descobertas.
E hoje, desta canção sou o alaúde envolvendo a noite, o som distante e o pisar macio.
Brilhante e dourada, sou centelha, filha do sol, parte do destino. Em mãos imensas, sou brinquedo jovem , luz que espera a primeira estrela da noite.
Aqui, nesta dimensão encantada, soam sinfonias ou o rico silêncio de uma vida inteira; voam pégasos, unicórnios revelam o sonho impossível, icaros descansam da viagem de toda uma humanidade...

3 comentários:

iara disse...

sua pintura é poesia

iara disse...

o comentário não é original, mas é sincero

Wilma Barsotti disse...

Minha querida amiga, Marlova.
Amei seus trabalhos. São cheios de poesia e traduzem bem a pessoa linda que vc. é.
É muito bom estar com você,ler que escreve e sentir que me "afino", não apenas na nossa voz como também na nossa alma.
Aquele abraço......Wilma